O Programa mais Recente:

  • Especial Combate à Violência Doméstica e Familiar – Justiça Para Todos aborda a aplicação da Justiça Restaurativa nesse tipo de violência

    Especial Combate à Violência Doméstica e Familiar – Justiça Para Todos aborda a aplicação da Justiça Restaurativa nesse tipo de violência

    Entrevistado:

    Laryssa Copack Muniz

    Data do Programa:

    Sexta, 24 Novembro 2017

    Tema:

    Semana Nacional Justiça pela Paz em Casa

    No encerramento do especial sobre a Semana Nacional Justiça pela Paz em Casa, o programa Justiça Para Todos conversou, nesta sexta-feira (24), com a juíza Laryssa Copack Muniz, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Ponta Grossa. Ela trouxe mais informações sobre Justiça Restaurativa e de que forma ela pode ser aplicada nesses casos. “É uma justiça que olha para o futuro, que permite, para as pessoas envolvidas num conflito, que elas possam participar da construção de um novo jeito de viver – muito embora tenha acontecido o rompimento –, e tenta restaurar aquele tecido social que foi maculado com um conflito, crime ou qualquer tipo de violência”, comenta.
    A magistrada também falou sobre os projetos atualmente desenvolvidos pelo Juizado de Ponta Grossa no combate à violência doméstica e familiar, avaliando a eficácia dessas iniciativas. “É um exemplo claro de que intervenções que façam a pessoa pensar e se responsabilizar podem, sim, surtir efeito e reduzir a violência de gênero”, pontua. A juíza explicou, ainda, qual a importância do trabalho com o agressor nesses tipos de violência.
    Confira aqui a entrevista na íntegra.

Saque de contas inativas do FGTS é tema do Justiça para Todos

Quinta, 16 Março 2017

Saque de contas inativas do FGTS é tema do Justiça para Todos

Tema:

Saque de contas inativas do FGTS

Entrevistado:

Lucas Otsuka

 

Nesta quinta-feira (16), o advogado Lucas Otsuka compareceu aos estúdios da rádio Educativa, AM 630, para explicar ao ouvinte do programa Justiça para Todos sobre o FGTS e o saque das contas inativas.


No início da entrevista o advogado explicou o motivo da criação do Fundo de Garantia e quais são seus benefícios. ‘‘O FGTS é uma grande conquista do trabalhador’’, declarou e prosseguiu: ‘‘ele trouxe benefícios diretos e indiretos. Nós podemos dizer que os diretos são: a forma de poupança que é um seguro que o trabalhador tem quando perde o emprego, mas também, pode utilizar esse valor de outras formas que a Lei de prevê, que são quando o trabalhador se aposenta, quando o trabalhador permanece fora do regime do FGTS por três anos ininterruptos, também sacar, quando o trabalhador ou um dependente seu tem uma doença grave como câncer e AIDS, e existem outras situações’’.


Mais ao final da entrevista, Otsuka comentou sobre o prazo para a retirada do FGTS. ‘‘Como é muita gente, estima-se que cerca de 10 milhões de trabalhadores serão beneficiados com essa medida no país, então foi criado um calendário dividido em cinco períodos em que esses períodos são divididos pela data de nascimento de cada trabalhador, ou seja, aqueles trabalhadores que nasceram entre janeiro e fevereiro, podem fazer o saque a partir do dia 10 março, já para aqueles trabalhadores que nasceram entre março, abril e maio podem sacar a partir do dia 10 de abril, para quem nasceu a partir de junho, julho e agosto, poderá sacar a partir do dia 10 de maio; aqueles que nasceram entre setembro, outubro e novembro, poderão sacar a partir do dia 16 de junho e aqueles que nasceram em dezembro, poderão sacar a partir do dia 14 de julho’’.

 

Confira a entrevista na íntegra com o advogado Lucas Otsuka

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo

Best World Bookamker williamhill.com reviewbbetting.co.uk