O Programa mais Recente:

  •  Advogado Rômulo Augusto Araújo Bronzel traz esclarecimentos sobre o Direito Empresarial

    Advogado Rômulo Augusto Araújo Bronzel traz esclarecimentos sobre o Direito Empresarial

    Entrevistado:

    Rômulo Augusto Araújo Bronzel,

    Data do Programa:

    Quinta, 20 Setembro 2018

    Tema:

    Segundo Congresso Paranaense de Direito Empresarial

    Rômulo Augusto Araújo Bronzel, advogado e presidente da Comissão de Direito Empresarial da OAB-PR, conversou com o Justiça para Todos, nesta quinta-feira (20). O convidado trouxe informações a respeito do Segundo Congresso Paranaense de Direito Empresarial, organizado pela comissão e esclareceu questões relacionadas ao Direito Empresarial. No primeiro momento da entrevista, o advogado explicou o que abrange o Direito Empresarial, os principais temas que serão tratados no congresso, as frentes de trabalho da comissão e os principais desafios encontrados pela Comissão de Direito Empresarial. Na oportunidade, ele também deu orientações para o cidadão que deseja abir uma empresa. Questionado a repeito da necessidade da assistência jurídica no início da empresa, Bronzel ressaltou:“A partir do momento que você não é sozinho na sua empresa, que você vai precisar de um sócio ou de algum outro apoiador, você precisa de um advogado”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

     

Justiça para Todos traz magistrada para fechar semana nacional da mulher e discutir sobre violência doméstica

Sexta, 10 Março 2017

Justiça para Todos traz magistrada para fechar semana nacional da mulher e discutir sobre violência doméstica

Tema:

Semana Nacional da Justiça pela Paz em casa

Entrevistado:

Márcia Margarete do Rocio Borges

 

Nesta sexta-feira (10), o programa Justiça para Todos fechou a comemoração da semana internacional da mulher falando com a juíza Márcia Margarete do Rocio Borges, do juizado de violência doméstica contra mulher de Curitiba, sobre a Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa e violência doméstica.

Além de explicar os principais objetivos da Semana, a magistrada comentou sobre a agilidade dos julgamentos de casos de violência contra a mulher graças a Campanha e, ainda, a importância de destacar o tema e levar mais informações à população. ‘‘É uma forma de encorajar a mulher que sofre com a violência doméstica e familiar para que ela cesse esse ciclo de violência’’.

Borges ainda falou sobre a lei Maria da Penha, o perfil das vítimas e dos agressores, além de comentar sobre a Casa da Mulher Brasileira. ‘‘A Casa da Mulher Brasileira foi criada agora, em 2016, em Curitiba. A ideia da Casa é centralizar o serviço, ou seja, colocar todos os serviços relacionados ao atendimento da mulher como a Delegacia de Polícia, a Defensoria Pública, o Judiciário, o Ministério Público, atendimento psicossocial e, também entre outros, a casa de passagem, no qual elas ficam acolhidas por um período se houver necessidade’’.

 

Confira a entrevista na íntegra com a juíza Márcia Margarete do Rocio Borges

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo