O Programa mais Recente:

  • Procurador fala sobre combate ao trabalho escravo

    Procurador fala sobre combate ao trabalho escravo

    Entrevistado:

    Alberto Emiliano de Oliveira Neto

    Data do Programa:

    Quinta, 19 Abril 2018

    Tema:

    Trabalho Escravo

    O combate ao trabalho escravo foi o tema do Justiça para Todos da quinta-feira (19). O procurador do trabalho Alberto Emiliano de Oliveira Neto explicou aos ouvintes o que significa falarmos em trabalho escravo nos dias atuais. “Temos que compreender a escravidão moderna como violação dos direitos fundamentais”, afirmou e complementou: “Especificamente, podemos definir três hipóteses que caracterizam efetivamente o trabalho escravo: a jornada exaustiva, a condição degradante e a restrição da liberdade de ir e vir”. Na oportunidade, o procurador ainda traçou um panorama sobre a evolução histórica do combate ao trabalho escravo no Brasil e pontuou alguns avanços que ocorreram nos últimos anos. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

Justiça Para Todos traz informações sobre os direitos da pessoa idosa

Sexta, 20 Outubro 2017

Justiça Para Todos traz informações sobre os direitos da pessoa idosa

Tema:

Direitos do idoso

Entrevistado:

Rosângela Maria Lucinda

O Justiça Para Todos conversou, nesta sexta-feira (20), com a advogada Rosângela Maria Lucinda, presidente da Comissão dos Direitos do Idoso da OAB-PR. Ela trouxe aos ouvintes mais informações sobre as garantias previstas na legislação para a pessoa idosa. Na oportunidade, a advogada explicou os principais pontos presentes no Estatuto do Idoso, comentando sobre o impacto dessa legislação na sociedade. Ela também mencionou os principais tipos de violação aos direitos da pessoa idosa, esclarecendo dúvidas frequentes como a concessão de pensão alimentícia pelos filhos e a proteção do patrimônio do idoso.
A advogada explicou, ainda, de que forma um abuso ou violação dos direitos da pessoa idosa pode ser denunciada, e avaliou a atuação da OAB-PR na promoção dessas garantias. “Nós nos sentimos numa missão de fazer valer a existência e visibilidade do ser humano idoso, independentemente de raça, sexo e religião”, reflete.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo