O Programa mais Recente:

  • Atuação do Gaeco na Tríplice Fronteira é tema de edição do Justiça Para Todos

    Atuação do Gaeco na Tríplice Fronteira é tema de edição do Justiça Para Todos

    Entrevistado:

    Tiago Lisboa Mendonça

    Data do Programa:

    Quinta, 08 Fevereiro 2018

    Tema:

    Atuação do Gaeco

    O Justiça Para Todos conversou, nesta quinta-feira (08), com o promotor Tiago Lisboa Mendonça, coordenador da unidade de Foz do Iguaçu do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Na oportunidade, ele explicou aos ouvintes sobre as competências e a atuação do órgão: “O trabalho desenvolvido pelo Gaeco é atuar em um nicho muito específico que é a área de combate à criminalidade organizada”.
    Durante a conversa, o promotor também comentou sobre o panorama atual da criminalidade nas áreas de fronteira, mais especificamente em Foz do Iguaçu. “É uma teia muito grande de crimes que se relacionam com essa posição geográfica, e isso demanda uma atuação bem específica do Gaeco”, observa. Tiago avaliou, ainda, os desafios no trabalho desenvolvido pelo órgão nessa região.
    Confira aqui a entrevista na íntegra.

Justiça Para Todos esclarece questões referentes à licença-maternidade e paternidade

Segunda, 26 Junho 2017

Justiça Para Todos esclarece questões referentes à licença-maternidade e paternidade

Tema:

Licença-maternidade e paternidade

Entrevistado:

Luciana Sbrissia Bega

Nesta segunda-feira (26), o programa Justiça Para Todos recebeu a advogada Luciana Sbrissia Bega, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-PR. Ela esclareceu aos ouvintes dúvidas frequentes relacionadas à licença-maternidade e paternidade. Explicando a duração e valor estabelecidos por lei para o benefício, a advogada falou sobre as principais garantias da trabalhadora nesse período: “A colaboradora gestante, empregada sob regime da CLT, tem assegurada a estabilidade no emprego, contra a despedida sem justa causa até cinco meses após o parto”, afirma Luciana. Na oportunidade, ela também esclareceu quais são as diferenças entre licença e salário-maternidade, explicando ainda como funciona a concessão do benefício em casos específicos – como adoção, aborto espontâneo, demissão sem justa causa e nascimento do filho durante o período de férias do trabalho.
Durante a conversa, Luciana ainda esclareceu questões referentes à licença-paternidade, discutindo a necessidade de mudanças na concessão desse benefício: “Não temos que pensar somente em benefício fiscal; temos que pensar no benefício da criança, da mãe, do pai trabalhador”, comenta a advogada. Por fim, Luciana falou sobre o trabalho desenvolvido pela Comissão da Mulher Advogada da OAB-PR em relação ao tema. “Discutimos muito sobre todos os assuntos e tentamos fazer ações proativas sobre vários temas que afetam a vida da mulher, e a licença-maternidade e paternidade são um deles”, ressalta.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo