O Programa mais Recente:

  • Entenda como se adaptar as mudanças da nova reforma trabalhista

    Entenda como se adaptar as mudanças da nova reforma trabalhista

    Entrevistado:

    Lucas Otsuka

    Data do Programa:

    Quarta, 15 Agosto 2018

    Tema:

    Reforma trabalhista

    O advogado Lucas Otsuka conversou com o Justiça para Todos, nesta quarta-feira (15) sobre a adaptação a nova reforma trabalhista. As principais mudanças na lei, a insegurança jurídica gerada pela nova reforma, as justificativas do governo para tais mudanças e o que são os honorários de sucumbência foram questões esclarecidas por Lucas durante a entrevista. Na oportunidade o entrevistado opinou em relação aos benefícios gerados pela nova reforma trabalhista e explicou o papel do Supremo Tribunal Federal na consolidação dos dispositivos da reforma. Com relação ao tempo de adaptação a nova reforma trabalhista, Otsuka ressaltou: “Esse sentimento de insegurança ele vai perdurar por um bom tempo, e na minha opinião, tanto os trabalhadores quanto as empresas devem ter muita cautela nesse período, agir com muita responsabilidade e tem que analisar bastante antes de tomar qualquer posição”. Confira aqui a entrevista na íntegra.

Justiça para Todos conversa com o Juiz Ricardo Henrique Ferreira sobre o Projeto Justiça ao Espectador

Quinta, 24 Maio 2018

Justiça para Todos conversa com o Juiz Ricardo Henrique Ferreira sobre o Projeto Justiça ao Espectador

Tema:

Projeto Justiça ao Espectador

Entrevistado:

Ricardo Henrique Ferreira

O programa Justiça para Todos desta quinta-feira (24) conversou com o juiz auxiliar da 2º vice-presidência do Tribunal de Justiça do Paraná, Ricardo Henrique Ferreira, sobre o projeto Justiça ao Espectador. Por meio do projeto são instalados, em grandes eventos, o Posto do Juizado do Torcedor, com o objetivo de atender ocorrências policiais que ocorram durante a realização desses eventos esportivos ou espetáculos de diversão pública. O magistrado trouxe mais informações sobre como o programa funciona na prática e apontou as ocorrências mais frequentes atendidas pelo Posto do Juizado do Torcedor. O trabalho realizado pelo projeto Biometria nos Estádios, desenvolvido dentro do escopo do Justiça ao Espectador, também foi esclarecido durante a conversa. Além disso, Ricardo trouxe uma reflexão sobre os avanços do Poder Público na prevenção da violência nos estádios e eventos esportivos: “O Poder público vem fazendo um trabalho muito bom. As polícias civil e militar do estado do Paraná têm uma ação muito interessante, um trabalho de inteligência de mapeamento muito efetivo que tem garantido uma segurança bem eficaz.” Confira aqui a entrevista na íntegra.  

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo