O Programa mais Recente:

  • Entenda como se adaptar as mudanças da nova reforma trabalhista

    Entenda como se adaptar as mudanças da nova reforma trabalhista

    Entrevistado:

    Lucas Otsuka

    Data do Programa:

    Quarta, 15 Agosto 2018

    Tema:

    Reforma trabalhista

    O advogado Lucas Otsuka conversou com o Justiça para Todos, nesta quarta-feira (15) sobre a adaptação a nova reforma trabalhista. As principais mudanças na lei, a insegurança jurídica gerada pela nova reforma, as justificativas do governo para tais mudanças e o que são os honorários de sucumbência foram questões esclarecidas por Lucas durante a entrevista. Na oportunidade o entrevistado opinou em relação aos benefícios gerados pela nova reforma trabalhista e explicou o papel do Supremo Tribunal Federal na consolidação dos dispositivos da reforma. Com relação ao tempo de adaptação a nova reforma trabalhista, Otsuka ressaltou: “Esse sentimento de insegurança ele vai perdurar por um bom tempo, e na minha opinião, tanto os trabalhadores quanto as empresas devem ter muita cautela nesse período, agir com muita responsabilidade e tem que analisar bastante antes de tomar qualquer posição”. Confira aqui a entrevista na íntegra.

Justiça para Todos conversa com o desembargador Marcelo Gobbo Della Déa sobre a investigação em ambientes digitais

Sexta, 27 Julho 2018

Justiça para Todos conversa com o desembargador Marcelo Gobbo Della Déa sobre a investigação  em ambientes digitais

Tema:

Investigação em ambientes digitais

Entrevistado:

Marcelo Gobbo Della Déa

Investigação criminal no ambiente digital foi o tema abordado no Justiça para Todos, na sexta-feira (27). O desembargador Marcelo Gobbo Della Déa trouxe mais informações e esclarecimentos sobre o assunto aos ouvintes da rádio Educativa. Questões como os tipos de crimes que podem ser cometido em ambientes digitais, quais órgãos são responsáveis pela investigação e como o Brasil atua em parceria com outros países na investigação de crimes cibernéticos foram esclarecidas pelo magistrado. Além de explicar como acontece a identificação do internauta infrator, o desembargador deu orientações sobre os cuidados que devem ser tomados ao utilizarmos a internet. Com relação a adequação da legislação brasileira nessa área, ele ressaltou: “Nossa legislação deu bons avanços. O Marco Civil da Internet foi um avanço muito importante, as próprias mudanças do Código Penal de processo penal ajudaram bastante. Mas é preciso que haja um investimento na modernização da legislação no que tange algumas definições jurídicas”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo