O Programa mais Recente:

  • Procurador fala sobre combate ao trabalho escravo

    Procurador fala sobre combate ao trabalho escravo

    Entrevistado:

    Alberto Emiliano de Oliveira Neto

    Data do Programa:

    Quinta, 19 Abril 2018

    Tema:

    Trabalho Escravo

    O combate ao trabalho escravo foi o tema do Justiça para Todos da quinta-feira (19). O procurador do trabalho Alberto Emiliano de Oliveira Neto explicou aos ouvintes o que significa falarmos em trabalho escravo nos dias atuais. “Temos que compreender a escravidão moderna como violação dos direitos fundamentais”, afirmou e complementou: “Especificamente, podemos definir três hipóteses que caracterizam efetivamente o trabalho escravo: a jornada exaustiva, a condição degradante e a restrição da liberdade de ir e vir”. Na oportunidade, o procurador ainda traçou um panorama sobre a evolução histórica do combate ao trabalho escravo no Brasil e pontuou alguns avanços que ocorreram nos últimos anos. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

Como prevenir conflitos de interesse entre os sócios de uma empresa é tema do Justiça Para Todos

Terça, 12 Dezembro 2017

Como prevenir conflitos de interesse entre os sócios de uma empresa é tema do Justiça Para Todos

Tema:

Conflitos de interesse

Entrevistado:

Izabela Rücker Curi Bertoncello

No dia 12 de dezembro, o programa Justiça Para Todos conversou com a advogada Izabela Rücker Curi Bertoncello. Na oportunidade, ela explicou aos ouvintes como prevenir conflitos de interesse entre os sócios de uma organização. Esclarecendo primeiramente quais são os tipos de sociedade mais comuns no país, a advogada elencou os procedimentos básicos para registro e regularização de uma empresa. Ela também falou sobre os tipos de conflitos mais comuns envolvendo sócios de uma organização, bem como os principais motivos que levam a esses conflitos.
A advogada comentou, ainda, sobre as etapas do processo de resolução de conflitos empresariais na Justiça, destacando as vantagens da resolução extrajudicial nesses casos. “Temos que focar na sobrevivência da atividade empresarial acima dos interesses dos sócios, e que os funcionários não sejam prejudicados. Essa é uma questão que chamamos de função social da empresa. Isso é muito protegido pela Constituição Federal e pelo Código Civil Brasileiro”, pontua.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo