O Programa mais Recente:

  • Entenda o que é crime contra a honra e o impacto das fake news na propaganda eleitora

    Entenda o que é crime contra a honra e o impacto das fake news na propaganda eleitora

    Entrevistado:

    Siderlei Ostrufka Cordeiro

    Data do Programa:

    Terça, 19 Março 2019

    Tema:

    crimes contra a honra e fake news

    O juiz Siderlei Ostrufka Cordeiro participou do programa de rádio da AMAPAR, o Justiça para Todos, nesta terça-feira (19). Ele trouxe aos ouvintes da Paraná Educativa mais informações sobre os crimes contra a honra cometidos nas redes sociais e também sobre o impacto das fake news na propaganda eleitoral.

    Ao início da entrevista, para situar os ouvintes, o magistrado explicou o conceito de honra: “É um conjunto de atributos dispostos a respeito de uma pessoa capaz de valorar a sua autoestima. Quando falamos de autoestima falamos de uma honra subjetiva, aquela que o sujeito tem em relação a ele próprio. Ou uma consideração perante a sociedade, que seria a honra objetiva”. Segundo o juiz, a partir desse conceito, são diferenciados os crimes contra a honra em que a ofensa ao bem jurídico é uma ofensa a honra subjetiva, dos crimes em que a ofensa é a honra objetiva. Ao longo da entrevista, o magistrado esclareceu e exemplificou situações que envolvem calúnia, injúria e difamação. Siderlei, durante a conversa, fez um alerta aos ouvintes: “Não é por que um fato em tese seja verdadeiro que você pode divulgá-lo”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

Advogado traz esclarecimento sobre investigação criminal

Sexta, 11 Maio 2018

Advogado traz esclarecimento sobre investigação criminal

Tema:

Investigação criminal

Entrevistado:

João Rafael de Oliveira

Investigação criminal foi o tema discutido no Justiça para Todos desta sexta-feira (11). Quem trouxe mais informações aos ouvintes sobre o assunto foi o advogado João Rafael de Oliveira. Ele iniciou a entrevista explicando qual a finalidade de uma investigação criminal, quais são as suas fases e como uma investigação acontece na prática. Durante a entrevista, João também esclareceu algumas dúvidas sobre os direitos do investigado e do seu defensor e explicou em quais situações pode ocorrer a prisão preventiva. Além disso, o advogado apontou quais são os poderes das autoridades policias durante a investigação: “a autoridade policial tem os poderes da investigação policial. Exerce uma função de polícia judiciária, o que significa auxiliar o Poder Judiciário, auxiliar o Ministério Público na apuração de crimes, na perseguição criminal”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo