Presidente da AMAPAR destaca receptividade por parte da nova comissão de obras do TJ-PR

Rômulo Cardoso Sexta, 31 Março 2017

Presidente da AMAPAR destaca receptividade por parte da nova comissão de obras do TJ-PR

A comissão de obras do TJ-PR, logo que constituída pela presidência da instituição, esteve na sede da AMAPAR, na semana passada, para reunião com a diretoria da entidade representativa dos juízes e desembargadores que atuam no Paraná.

 

 

Fazem parte da pasta do TJ-PR que cuidará, também, da construção e melhorias nos fóruns os desembargadores Luiz Fernando Tomasi Keppen (que preside os trabalhos), Ramon de Medeiros Nogueira, Octávio Campos Fischer, Gilberto Ferreira e Domingos Thadeu Ribeiro da Fonseca.

 

 

Ao ressaltar a rápida receptividade destinada à AMAPAR por parte da comissão, o presidente da AMAPAR, Frederico Mendes Junior, aponta a importância da participação da magistratura, ao ser ouvida no que diz respeito à construção e reparos nos fóruns. “Já não se concebe mais, na atual democracia, onde as soluções dos problemas são encontradas com consenso, com o diálogo permanente, que a construção de uma repartição pública destinada aos serviços forenses não tenha a participação da magistratura e dos servidores. São esses profissionais que sabem a necessidades dos jurisdicionados, desde o tamanho das salas, as questões afetas à segurança e demais detalhes para o melhor atendimento à população”, explica.

 

 

Os projetos e obras em fase de execução, onde vultuosas quantias são implicadas, independente de quem sejam os atuais responsáveis pela condução dos rumos administrativos, devem ter continuidade, ressalta Frederico. “O que se espera dos gestores, dos responsáveis pela administração no TJ, é que não ocorra algo que infelizmente é comum em outras áreas da administração pública. Onde são gastos milhões projetos, com obras abandonadas pela metade. O TJ é uma instituição perene, onde é necessária a relação de continuidade de todos os projetos iniciados em gestões anteriores”, ressalta.

 

 

O dirigente da AMAPAR completa que a magistratura paranaense está confiante na condução do trabalho da nova comissão de obras do TJ-PR. “A magistratura paranaense fica muito satisfeita com a forma como o desembargador Keppen e demais membros pretendem conduzir os trabalhos, ao ouvirem a magistratura, levando adiante os projetos que estão em fase de execução. A magistratura acredita que, independente da administração no TJ-PR, tem de haver continuidade das obras para o bem dos magistrados, servidores e jurisdicionados”, afirma.

 

 

Participaram da reunião o presidente da AMAPAR, Frederico Mendes Junior, desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, Ramon Nogueira, Octávio Fischer, José Cândido Sobrinho, Márcio Tokars, Abílio Sodré de Freitas, Humberto Carapunarla e Eduardo Vianna. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo

Best World Bookamker williamhill.com reviewbbetting.co.uk