Ministros do STF deferem pedidos de amicus curiae ingressados pela AMB

Rômulo Cardoso Segunda, 09 Outubro 2017

O Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu as duas solicitações da AMB para ingressar como amicus curiae impetradas na segunda-feira (2).

Na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 482, ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a AMB requereu que o STF julgasse o pedido formulado pela PGR improcedente devido à constitucionalidade do ato do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de autorizar e fixar balizas para disciplina da permuta nacional entre membros de Ministérios Públicos dos estados e entre estes e membros do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Ao atender o pedido da AMB, o relator, ministro Alexandre de Moraes, afirmou que admitiu a manifestação da entidade por considerar a relevância da matéria, a especificidade do tema, a repercussão geral da controvérsia e a representatividade da Associação.

A outra solicitação foi no Mandado de Segurança (MS) 32.451, impetrado pelo Estado de São Paulo, representando o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), contra decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que suspendeu a possibilidade de participação de todos os desembargadores daquela Corte como candidatos a cargos de direção.

Ao deferir a amicus curiae no MS 32.451, o relator, ministro Edson Fachin, ressaltou que a atuação da Associação no feito possibilita o enriquecimento do debate, auxiliando, assim, a Corte na formação de sua convicção.

Confira aqui as decisões: ADPF 482 e MS 32.451.

Leia as matérias relacionadas:

AMB ingressa como amicus curiae em ADPF da PGR para defender constitucionalidade do ato do CNMP

AMB pede ingresso como amicus curiae em MS que discute regras sobre eleição para cargo diretivo de tribunal

Fonte - www.amb.com.br 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo

Best World Bookamker williamhill.com reviewbbetting.co.uk