O Programa mais Recente:

  • Saiba o que são os direitos humanos e a sua importância para a sociedade

    Saiba o que são os direitos humanos e a sua importância para a sociedade

    Entrevistado:

    Luiza Engers, Henrique Burkinsky e Henrique Delavi Daum

    Data do Programa:

    Sexta, 18 Janeiro 2019

    Tema:

    Clínica de Direitos Humanos da PUR-PT

    Os integrantes da Clínica de Direitos Humanos da PUC-PR, Luiza Engers, Henrique Burkinsky e Henrique Delavi conversaram com o Justiça para Todos, na sexta-feira (18), sobre o trabalho desenvolvido pela Clínica. No início da entrevista os convidados explicaram o que são os direitos humanos, quando eles surgiram e por quais motivos grande parcela da população tem uma visão equivocada com relação a estes direitos. Na oportunidade, os entrevistados também apontaram em quais situações o Estado se torna um violador dos direitos humanos e de que forma estas violações são reparadas. Confira aqui a entrevista na íntegra.

Entenda as mudanças nos honorários de sucumbência trazidas pela reforma trabalhista

Sexta, 26 Outubro 2018

Entenda as mudanças nos honorários de sucumbência trazidas pela reforma trabalhista

Tema:

honorários de sucumbência

Entrevistado:

Marco Aurélio Guimarães

Os honorário de sucumbência  foram uma das mudanças trazidas pela nova reforma trabalhista que ainda tem gerado muitas dúvidas na população e, para esclarecer esse assunto, o Justiça para Todos conversou com o advogado Marco Aurélio Guimarães, na sexta-feira (26). Durante a entrevista, o convidado explicou aos ouvintes da rádio Paraná Educativa o que são os honorários de sucumbência, o dever do advogado em orientar seu cliente sobre os riscos do processo e como é definido o percentual que a parte perdedora deverá pagar. Questionado a respeito da diminuição das ações na esfera da justiça trabalhista, como consequência dos honorários de sucumbência, o advogado ressaltou: O que o legislador entendeu é que havia um abuso do direito de petição na justiça do trabalho, uma quantidade de ações muito significativas, pedidos sem nenhum fundamento fático ou jurídico e acabou se entendendo por limitar o direito de petição. Após a reforma nós temos reclamações trabalhistas muito mais enxutas. Confira aqui a entrevista na íntegra.  

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo