O Programa mais Recente:

  • Conciliação no Direito de Família é tema do Justiça Para Todos

    Conciliação no Direito de Família é tema do Justiça Para Todos

    Entrevistado:

    A conciliação no Direito de Família

    Data do Programa:

    Quarta, 22 Março 2017

    Tema:

    Felipe Forte Cobo

     

    Nesta quarta-feira (22), o juiz Felipe Forte Cobo compareceu aos estúdios da rádio Educativa, AM 630, para explicar ao ouvinte do programa Justiça para Todos um pouco mais sobre a conciliação no Direito de Família.

    Já no início do programa, o magistrado esclareceu o que é abrangido pelo Direito de Família e, ainda, quais as situações mais comuns enfrentadas por operadores do Direito. Além disso, Cobo explicou o que significa falar-se em conciliação e mediação. ‘‘No Brasil, conciliação e mediação não são sinônimos’’, afirmou e prosseguiu: ‘‘o que ocorre é que existem alguns elementos que são comuns aos dois conceitos. Os elementos comuns estariam relacionados a percepção de solução do caso pelas partes envolvidas, o que é diferente da decisão judicial que é uma decisão tomada de forma isolada, unilateral, pelo juiz”.

    Mais ao final da entrevista, o juiz discorreu sobre as vantagens da conciliação tanto para as partes quanto para o Poder Judiciário. Além disso, falou sobre a abertura que a população tem dado a conciliação e encerrou falando sobre sua experiência profissional como magistrado atuando com a conciliação no Direito de Família.

    Confira a entrevista na íntegra com o juiz Felipe Forte Cobo

Procurador fala sobre advocacia pública no Justiça para Todos

Segunda, 27 Março 2017

Procurador fala sobre advocacia pública no Justiça para Todos

Tema:

Comissão da Advocacia Pública da OAB-PR

Entrevistado:

Helton Kramer Lustoza

 

Na segunda-feira (27) de carnaval, o convidado do programa Justiça para Todos foi o procurador do Estado Helton Kramer Lustoza, que falou ao ouvinte da rádio Educativa, AM 630, sobre a Comissão da Advocacia Pública da OAB-PR, presidida por ele.

Além de explicar em que consiste a advocacia pública, o procurador falou sobre as principais frentes de trabalho da Comissão. ‘‘A Comissão tem várias atividades e tarefas’’, afirmou em relação aos objetivos e prosseguiu: ‘‘a principal frente de trabalho é oferecer apoio e proteção dessas prerrogativas, perante a autoridade administrativas e também judiciárias, se for o caso’’.


Ao final da entrevista, o presidente da Comissão aconselhou os ouvintes que querem seguir a carreira pública. ‘‘Primeiramente o foco no concurso público, porque é um processo que a pessoa enfrentará uma concorrência muito grande e, obviamente, é preciso estar muito bem preparado’’, disse e finalizou: ‘‘mas, acima disso, o jovem que queira ser advogado público precisa decidir se ele gosta ou não da advocacia’’.


Confira a entrevista na íntegra com o procurador Helton Kramer Lustoza

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo

Best World Bookamker williamhill.com reviewbbetting.co.uk