O Programa mais Recente:

  • Justiça para Todos conversa com o Juiz Ricardo Henrique Ferreira sobre o Projeto Justiça ao Espectador

    Justiça para Todos conversa com o Juiz Ricardo Henrique Ferreira sobre o Projeto Justiça ao Espectador

    Entrevistado:

    Ricardo Henrique Ferreira

    Data do Programa:

    Quinta, 24 Maio 2018

    Tema:

    Projeto Justiça ao Espectador

    O programa Justiça para Todos desta quinta-feira (24) conversou com o juiz auxiliar da 2º vice-presidência do Tribunal de Justiça do Paraná, Ricardo Henrique Ferreira, sobre o projeto Justiça ao Espectador. Por meio do projeto são instalados, em grandes eventos, o Posto do Juizado do Torcedor, com o objetivo de atender ocorrências policiais que ocorram durante a realização desses eventos esportivos ou espetáculos de diversão pública. O magistrado trouxe mais informações sobre como o programa funciona na prática e apontou as ocorrências mais frequentes atendidas pelo Posto do Juizado do Torcedor. O trabalho realizado pelo projeto Biometria nos Estádios, desenvolvido dentro do escopo do Justiça ao Espectador, também foi esclarecido durante a conversa. Além disso, Ricardo trouxe uma reflexão sobre os avanços do Poder Público na prevenção da violência nos estádios e eventos esportivos: “O Poder público vem fazendo um trabalho muito bom. As polícias civil e militar do estado do Paraná têm uma ação muito interessante, um trabalho de inteligência de mapeamento muito efetivo que tem garantido uma segurança bem eficaz.” Confira aqui a entrevista na íntegra.  

Prevenção de crimes ambientais é tema do Justiça Para Todos

Terça, 06 Fevereiro 2018

Prevenção de crimes ambientais é tema do Justiça Para Todos

Tema:

Direito Ambiental

Entrevistado:

Carla Köhler de Camargo

O Justiça Para Todos recebeu, nesta terça-feira (06), a advogada Carla Köhler de Camargo, que trouxe aos ouvintes mais informações sobre a prevenção de crimes ambientais. Primeiramente, ela explicou qual a origem e o significado do conceito de desenvolvimento sustentável, comentando também sobre a importância das políticas de responsabilidade socioambiental adotadas pelas organizações. “São várias atitudes que contribuem positivamente para a imagem da empresa e, mais ainda, para a sociedade, que vai ter esse retorno”, afirma.
Na oportunidade, a advogada também citou exemplos de crimes ambientais comuns no país, falando sobre as principais leis referentes ao tema que as organizações devem observar. Carla pontuou, ainda, de que maneira a sociedade pode contribuir para a fiscalização das atividades empresariais que afetam o meio ambiente.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo