O Programa mais Recente:

  • Atuação do Gaeco na Tríplice Fronteira é tema de edição do Justiça Para Todos

    Atuação do Gaeco na Tríplice Fronteira é tema de edição do Justiça Para Todos

    Entrevistado:

    Tiago Lisboa Mendonça

    Data do Programa:

    Quinta, 08 Fevereiro 2018

    Tema:

    Atuação do Gaeco

    O Justiça Para Todos conversou, nesta quinta-feira (08), com o promotor Tiago Lisboa Mendonça, coordenador da unidade de Foz do Iguaçu do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Na oportunidade, ele explicou aos ouvintes sobre as competências e a atuação do órgão: “O trabalho desenvolvido pelo Gaeco é atuar em um nicho muito específico que é a área de combate à criminalidade organizada”.
    Durante a conversa, o promotor também comentou sobre o panorama atual da criminalidade nas áreas de fronteira, mais especificamente em Foz do Iguaçu. “É uma teia muito grande de crimes que se relacionam com essa posição geográfica, e isso demanda uma atuação bem específica do Gaeco”, observa. Tiago avaliou, ainda, os desafios no trabalho desenvolvido pelo órgão nessa região.
    Confira aqui a entrevista na íntegra.

Justiça Para Todos fala sobre a importância do trabalho com os agressores nos casos de violência doméstica

Sexta, 25 Agosto 2017

Justiça Para Todos fala sobre a importância do trabalho com os agressores nos casos de violência doméstica

Tema:

Semana Nacional Justiça Pela Paz em Casa

Entrevistado:

Augusto Gluszczak Júnior

O Justiça Para Todos conversou, nesta sexta-feira (25), com o juiz Augusto Gluszczak Júnior, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de São José dos Pinhais. Ele falou sobre a importância do trabalho com os agressores no combate a esse tipo de violência, explicando também como funciona o Projeto “Daqui Pra Frente”, iniciativa aplicada em São José cujo enfoque é a conscientização dos autores desses crimes. Primeiramente, o juiz fez uma análise geral da Semana Nacional Justiça Pela Paz em Casa no estado: “Houve muitas ações para tentar difundir ainda mais a Lei Maria da Penha e todos os avanços que essa lei trouxe no campo da violência doméstica”, afirma.
Durante a entrevista, o magistrado falou sobre o trabalho realizado pelo Juizado de Violência Doméstica de São José dos Pinhais, destacando também os objetivos e resultados da aplicação do Projeto “Daqui Pra Frente”.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo