O Programa mais Recente:

  • Saiba o que é o programa de compliance e sua importância para as empresas

    Saiba o que é o programa de compliance e sua importância para as empresas

    Entrevistado:

    Tailane Moreno Delgado Moura

    Data do Programa:

    Quinta, 18 Outubro 2018

    Tema:

    Programa de compliance

    O programa de compliance foi o tema debatido pelo Justiça para Todos, nesta quinta-feira (18). A advogada Tailane Moreno Delgado Moura trouxe informações e esclarecimentos a respeito do assunto, explicando no que consiste o programa, seus principais objetivos, o funcionamento do compliance na prática e quando o programa surgiu no Brasil. Além de explicar o que é compliance de dados, Tailane destacou as tendências para essa área. A adesão do programa por pequenas e médias empresas também foi questão esclarecida pela convidada durante a entrevista. Na oportunidade, a entrevistada destacou de que maneira o programa auxilia em parcerias entre as empresas: “Empresas multinacionais para contratarem alguma empresa brasileira, exigem que essa empresa também tenha um programa de compliance”. Confira aqui a entrevista na íntegra.  

Justiça Para Todos discute atuação do Programa Pacificar é Divino, do TJPR

Terça, 03 Abril 2018

Justiça Para Todos discute atuação do Programa Pacificar é Divino, do TJPR

Tema:

Programa Pacificar é Divino

Entrevistado:

Ricardo Henrique Ferreira Jentzsch e Stela Stafin

O Justiça Para Todos, nesta terça-feira (3), trouxe mais informações sobre o Programa Pacificar é Divino, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Paraná. O juiz Ricardo Henrique Ferreira Jentzsch e a assessora da 2a Vice-Presidência do TJPR Stela Stafin, gestora do projeto, explicaram aos ouvintes como funciona e quais são os objetivos do programa, que realiza a capacitação de líderes religiosos para a aplicação de técnicas autocompositivas nas comunidades. “Ele surgiu buscando aquela ascendência que os líderes religiosos possuem em relação aos seus fiéis. Estamos em um momento em que as questões da autocomposição estão em voga e, partindo dessa premissa e dado o número excessivo de demandas judicializadas, buscamos diminuir o volume dessa demanda capacitando esses líderes religiosos”, afirma Ricardo.
Os entrevistados também falaram sobre as etapas de implementação do programa, as principais demandas atendidas e os resultados já alcançados pelo projeto. “Temos divulgado e mostrado que esses espaços permitem que seja feita a mediação e conciliação entre as pessoas envolvidas no conflito”, comenta Stela.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo