O Programa mais Recente:

  • Juiz Siderlei Ostrufka Cordeiro esclarece dúvidas com relação a eleição de 2018

    Juiz Siderlei Ostrufka Cordeiro esclarece dúvidas com relação a eleição de 2018

    Entrevistado:

    Siderlei Ostrufka Cordeiro

    Data do Programa:

    Segunda, 13 Agosto 2018

    Tema:

    Eleições 2018

    O Juiz Siderlei Ostrufka Cordeiro conversou com o Justiça para Todos, nesta segunda-feira (13) sobre as eleições de 2018 e suas regras para a propaganda eleitoral. Siderlei deu início a entrevista falando sobre a importância do voto consciente, a obrigatoriedade do voto no Brasil e as resoluções aprovadas pelo TSE para as eleições gerais deste ano. Durante a entrevista Siderley também falou a respeito do combate das chamadas Fake News (notícias falsas). Questionado se os votos brancos e nulos é a maneira mais eficiente de protesto forma de protesto,o juiz ressaltou: “A anulação do voto ou o voto em branco é a maneira mais ineficiente de protesto. Não tem um protesto tão inócuo quanto votar em branco ou votar nulo, porque esse voto não é computado. O teu voto nulo não vai anular a eleição”. Confira aqui a entrevista na íntegra.

Entenda o funcionamento dos recursos criminais

Sexta, 25 Maio 2018

Entenda o funcionamento dos  recursos criminais

Tema:

Recursos criminais

Entrevistado:

João Rafael de Oliveira

Os recursos criminais previstos no ordenamento jurídico foram discutidos no programa Justiça para Todos, desta sexta-feira (25). O advogado e professor João Rafael de Oliveira trouxe esclarecimento aos ouvintes da rádio Educativa sobre o assunto. Recursos previstos na legislação, embargos de declaração, embargos infringentes e quando o réu pode recorrer ao STF ou STJ foram questões abordadas e explicadas pelo advogadoQuestionado seo expressivo número de recursos presentes no ordenamento jurídico causam morosidadeno encerramento de processos, João Rafael pontuou:“Quando nós não tínhamos o processo eletrônico, de fato havia uma demora na apreciação dos recursos, especialmente nos recursos perante o STJ e STF”. Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo