O Programa mais Recente:

  •   Juiz Ricardo José Lopes fala sobre o combate ao racismo

    Juiz Ricardo José Lopes fala sobre o combate ao racismo

    Entrevistado:

    Ricardo José Lopes

    Data do Programa:

    Quarta, 14 Novembro 2018

    Tema:

    Combate ao racismo

    O juiz da comarca de Matinhos, Ricardo José Lopes, conversou com o Justiça para Todos, nesta quarta-feira (14) sobre o combate ao racismo no Brasil. O convidado deu início a entrevista explicando aos ouvintes da rádio Paraná Educativa o que a lei brasileira considera como racismo, quais são as penalidades previstas em lei para este crime e o que uma pessoa que é vítima de alguma conduta racista pode fazer para denunciar. O magistrado trouxe ainda uma reflexão sobre a dificuldade de se combater o racismo no Brasil, visto a relutância para assumi-lo como um problema social. O juiz falou também como a sua experiência pessoal perpassa pela temática, citando algumas situações em que foi vítima do racismo. Na oportunidade, ele destacou o evento recentemente realizado no litoral paranaense, o “Paranaguá em Movimento pela Igualdade Racial”, que comemorou a criação do Conselho Municipal de promoção da igualdade racial. Confira a entrevista na íntegra. 

Entenda como funciona o combate ao crime organizado no Brasil

Sexta, 29 Junho 2018

Entenda como funciona o combate ao crime organizado no Brasil

Tema:

Combate ao crime organizado

Entrevistado:

José Lautindo

O programa Justiça para Todos, dessa sexta-feira (29), conversou com o desembargador José Laurindo de Souza Netto sobre o combate ao crime organizado. O desembargador explicou no que consiste esse tipo de crime e quais são as características que o diferenciam da criminalidade comum. Além de falar sobre as medidas tomadas pela Justiça brasileira no combate ao crime organizado, o magistrado fez uma reflexão sobre a Operação Lava Jato e de que forma ela contribuiu para o aprimoramento do combate a esses crimes: “A principal lição que se pode tirar dessa operação é de que a Lei é para todos. Tínhamos a percepção de que determinados indivíduos não eram atingidos, por uma espécie de proteção, e hoje se percebe que o estado consegue atuar em todas as camadas fazendo com que haja a busca do direito e que a Lei Penal é para todos”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo