O Programa mais Recente:

  • Conheça a advocacia colaborativa e como ela funciona na prática

    Conheça a advocacia colaborativa e como ela funciona na prática

    Entrevistado:

    Waldirene Gobetti Dal Molin

    Data do Programa:

    Sexta, 11 Janeiro 2019

    Tema:

    Advocacia colaborativa

    O trabalho desenvolvido pela Comissão de Advocacia Colaborativa da OAB-PR foi o tema debatido pelo Justiça para Todos, na sexta-feira (11). A advogada e presidente da comissão, Waldirene Gobetti Dal Molin trouxe mais informações e esclarecimentos a respeito do assunto. No início da entrevista a convidada esclareceu como este modelo funciona na prática, os seus benefícios e de que maneira os acordos firmados nesta advocacia são fiscalizados. Com relação aos objetivos da Comissão, Waldirene Gobetti Dal Molin ressaltou: “difundir e fomentar o exercício da advocacia colaborativa entre os advogados do Paraná. Além disso, propiciar a troca de conhecimento com os profissionais que integram a equipe de praticas colaborativas”. Confira aqui a entrevista na íntegra.

Direitos das pessoas com autismo é tema do Justiça Para Todos

Quarta, 17 Janeiro 2018

Direitos das pessoas com autismo é tema do Justiça Para Todos

Tema:

Direitos das pessoas com autismo

Entrevistado:

Renata Farah

O Justiça Para Todos recebeu, nesta quarta-feira (17), a advogada Renata Farah. Ela trouxe aos ouvintes mais informações sobre os direitos das pessoas com autismo. Primeiramente, Renata explicou o que está disposto e quais foram as inovações trazidas pelas leis 13.146 de 2015 – conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência – e 12.764 de 2012, que institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. “Essa lei [no 12.764] igualou os direitos das pessoas com TEA [Transtorno do Espectro Autista] aos dos demais deficientes. Dessa forma, todas as garantias previstas no Estatuto da Pessoa com Deficiência também se aplicam aos autistas”, afirma.
Na oportunidade, a advogada também esclareceu quais são os principais direitos dessas pessoas nas esferas da saúde, educação, transporte público, assistência social e mercado de trabalho. Renata explanou, ainda, sobre outras dúvidas frequentes como a possibilidade de isenção de impostos na compra de automóveis por pessoas com autismo ou familiares.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo