O Programa mais Recente:

  • Associações sindicais são tema de edição do Justiça Para Todos

    Associações sindicais são tema de edição do Justiça Para Todos

    Entrevistado:

    Sandro Lunard Nicoladeli

    Data do Programa:

    Segunda, 17 Julho 2017

    Tema:

    Associações sindicais

    O Justiça Para Todos conversou, nesta segunda-feira (17), com o advogado e professor Sandro Lunard Nicoladeli, que trouxe aos ouvintes mais informações sobre associações sindicais. Contextualizando historicamente o funcionamento e a atuação dos sindicatos no Brasil, o advogado elencou as leis que garantem, no sistema jurídico do país, o direito à liberdade sindical, bem como as principais normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) referentes a esse tipo de associação.
    Nicoladeli também esclareceu dúvidas recorrentes relacionadas ao tema, como a diferença entre sindicatos e associações profissionais, a função dos sindicatos patronais e os tipos de contribuição sindical previstos na legislação brasileira. O advogado discutiu, também, a importância desse tipo de associação na fiscalização das condições de trabalho, bem como na mediação entre as ações do Estado e os interesses dos trabalhadores. “Os sindicatos cumprem um papel importantíssimo como um agente de regulação do mercado de trabalho, e cumprem um papel fundamental, também, de ser a voz e a interlocução política dos trabalhadores na sociedade”, comenta.
    Confira aqui a entrevista na íntegra.

Direitos autorais nas artes visuais é tema de edição do Justiça Para Todos

Segunda, 03 Julho 2017

Direitos autorais nas artes visuais é tema de edição do Justiça Para Todos

Tema:

Direitos autorais

Entrevistado:

Luiz Gustavo Vardânega Vidal

O programa Justiça Para Todos recebeu, nesta segunda-feira (03), o advogado Luiz Gustavo Vardânega Vidal, presidente da Comissão de Assuntos Culturais e Propriedade Intelectual da OAB-PR e da Comissão Especial de Cultura e Arte do Conselho Federal da OAB. Ele trouxe aos ouvintes mais informações sobre os direitos autorais nas artes visuais. Primeiramente, o advogado pontuou: “O objeto desse direito é a criação intelectual, qualquer que seja seu gênero, forma de expressão, mérito ou destinação”. Definindo o conceito de artes visuais, Vidal também falou sobre as lacunas jurídicas no que se refere à proteção dessa categoria artística: “A lei atual é obsoleta; precisa, sim, de adequações, pois não foi feita para todas as áreas culturais e de criação”, observa.
O advogado também falou sobre as principais demandas que chegam ao Poder Judiciário relacionadas aos direitos autorais nas artes visuais, definindo, também, o conceito de plágio e as punições previstas para casos de reprodução ilegal de obras. Vidal avaliou, ainda, os principais desafios quanto à efetividade na proteção dos trabalhos artísticos: “A evolução dos meios de comunicação e a consequente diversidade e ampliação do acesso público às obras intelectuais consiste, atualmente, no grande desafio à eficiente defesa da propriedade intelectual e todas as suas vertentes”, pontua.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo

Best World Bookamker williamhill.com reviewbbetting.co.uk