O Programa mais Recente:

  • Direito Agrário é tema do Justiça para Todos

    Direito Agrário é tema do Justiça para Todos

    Entrevistado:

    Carlos Arauz Filho

    Data do Programa:

    Segunda, 23 Abril 2018

    Tema:

    Direito Agrário

    Na segunda-feira (23) o convidado do Justiça para Todos foi o advogado Carlos Arauz Filho, que é presidente da Comissão de Direito Agrário e do Agronegócio da OAB-PR. Na entrevista, Arauz explicou quais são as demandas mais comuns, no país e no estado, que são relacionadas ao Direito Agrário, além de pontuar as principais dificuldades e desafios atuais para os produtores rurais. “O agronegócio representa hoje, em 2018, algo em torno de 32% do PIB Nacional”, reflete o advogado, a respeito da representatividade do agronegócio no país, e complementa: “o aspecto local do agronegócio também é muito significativo, existem cidades que dependem quase fundamentalmente do agronegócio”. Acesse aqui a entrevista na íntegra. 

Campanha “Ministério Público Está Aqui” é tema do Justiça Para Todos

Segunda, 26 Março 2018

Campanha “Ministério Público Está Aqui” é tema do Justiça Para Todos

Tema:

Ministério Público

Entrevistado:

Cláudio Franco Félix e Fernando da Silva Mattos

Nesta segunda-feira (26), o Justiça Para Todos recebeu os promotores Cláudio Franco Félix, presidente da Associação Paranaense do Ministério Público, e Fernando da Silva Mattos, que também é integrante da associação. Eles falaram sobre o trabalho desenvolvido pelo Ministério Público do Paraná e, mais especificamente, sobre a campanha “Ministério Público Está Aqui”. Explicando, primeiramente, quais são as atribuições do órgão e as demandas mais comuns atendidas pelo Ministério Público do estado, os promotores pontuaram os objetivos e ações propostas pela campanha “Ministério Público Está Aqui”. “Ela tem como finalidade principal mostrar para a população do nosso país as atuações de cada Ministério Público estadual. O objetivo é fazer com que as pessoas entendam, tenham a consciência de que a instituição está pronta para ajudá-las”, comenta Cláudio.
Os promotores também explicaram de que forma a sociedade pode participar da campanha: “É importante que a sociedade participe acessando, lendo essas informações, identificando se é possível replicar uma determinada prática no seu município, ou então fazendo contato com o promotor de Justiça”, observa Fernando. Por fim, os entrevistados esclareceram de que forma o cidadão pode entrar em contato com o Ministério Público.
Confira aqui a entrevista na íntegra.

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo