O Programa mais Recente:

  • Conheça o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Conheça o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Entrevistado:

    Samia Saad Galotti Bonavides

    Data do Programa:

    Terça, 22 Janeiro 2019

    Tema:

    Trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Nesta terça-feira (22), o Justiça para Todos conversou com a procuradora de justiça Samia Saad Galotti Bonavides sobre o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do Ministério Público do Paraná. A convidada deu início a entrevista explicando o que são os métodos alternativos de resolução de conflitos, os principais objetivos da iniciativa do MPPR e como funcionará na prática o trabalho realizado pelo Núcleo. Além de falar sobre a importância da política de incentivo e aperfeiçoamento dos mecanismos de autocomposição, Samia apontou os benefícios que estas práticas trazem a sociedade. Com relação aos planos para o ano de 2019, a procuradora ressaltou: “Os planos são no sentido do Núcleo se consolidar e principalmente, conseguir estimular e atuar em composição na área dos direitos difusos e coletivos”.  Confira aqui a entrevista na íntegra. 

Advogada Ana Paula Leal faz um balanço do primeiro ano da reforma trabalhista

Quinta, 13 Dezembro 2018

Advogada Ana Paula Leal faz um balanço do primeiro ano da reforma trabalhista

Tema:

Reforma trabalhista

Entrevistado:

Ana Paula Leal

A reforma trabalhista foi o tema debatido no Justiça para Todos, desta quinta-feira (13). A advogada Ana Paula Leal trouxe mais informações sobre o assunto e fez um balanço do primeiro ano da reforma aos ouvintes da rádio Educativa. As principais mudanças trazidas pela reforma, os impactos da mesma na justiça trabalhista e o papel do STF no processo de consolidação da nova reforma trabalhista, foram questões esclarecidas pela convidada no início da entrevista. Na oportunidade, Ana Paula também opinou com relação aos benefícios decorrentes da reforma: “O que vejo da reforma, é que ela veio para tentar facilitar a vida da empresa, dividiu as férias, trouxe o banco de horas, então isso facilita a tratativa da empresa com seus trabalhadores, sem que a empresa infrinja a legislação”. Confira aqui a entrevista na íntegra. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo