O Programa mais Recente:

  • Conheça o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Conheça o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Entrevistado:

    Samia Saad Galotti Bonavides

    Data do Programa:

    Terça, 22 Janeiro 2019

    Tema:

    Trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do MPPR

    Nesta terça-feira (22), o Justiça para Todos conversou com a procuradora de justiça Samia Saad Galotti Bonavides sobre o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Práticas de Incentivo à Autocomposição do Ministério Público do Paraná. A convidada deu início a entrevista explicando o que são os métodos alternativos de resolução de conflitos, os principais objetivos da iniciativa do MPPR e como funcionará na prática o trabalho realizado pelo Núcleo. Além de falar sobre a importância da política de incentivo e aperfeiçoamento dos mecanismos de autocomposição, Samia apontou os benefícios que estas práticas trazem a sociedade. Com relação aos planos para o ano de 2019, a procuradora ressaltou: “Os planos são no sentido do Núcleo se consolidar e principalmente, conseguir estimular e atuar em composição na área dos direitos difusos e coletivos”.  Confira aqui a entrevista na íntegra. 

70 anos da Declaração Universal dos Diretos Humanos

Segunda, 10 Dezembro 2018

70 anos da Declaração Universal dos Diretos Humanos

Tema:

Direitos Humanos

Entrevistado:

Henrique Delavi e Luiza Engers

A Declaração Universal dos Direitos Humanos completa setenta anos, nesta segunda-feira (10), e para debater mais sobre o assunto e o motivo pelo qual estes direitos são internacionais, o Justiça para Todos recebeu o advogado Henrique Delavi e a estudante de graduação Luiza Engers, integrantes da Clínica de Direitos Humanos da PUC-PR. Quando surgiram os direitos humanos, as maiores conquistas desde a criação da Declaração e os ataques direcionados aos Direitos Humanos ao redor do mundo, foram questões esclarecidas no início da entrevista. Na oportunidade, além de apontarem os sistemas de proteção dos Direitos Humanos, os convidados esclareceram como a ONU lida com práticas culturais que violam estes direitos. Concluindo a entrevista, Henrique Delavi destacou: Essa é a ideia dos Direitos Humanos: tratar os desiguais na medida de suas desigualdades e os iguais na medida de sua igualdade”.   Confira aqui a entrevista na íntegra. 

bemapbjudibamb403069308 jusprevlogo